30.10.06

O Prisioneiro


Foto do ex Alferes Miliciano Marques Lopes
[...]
Na parada, Samuel Ntaluma perfila ao lado do grupo de combate como se fosse mais um camarada de armas, roto, sujo com os lábios ainda avermelhados do molho salgado e picante das anchovas, obedecendo em perfeita sincronia com os soldados às ordens do alferes e, à voz de destroçar, Samuel Ntaluma bateu com o pé descalço no chão, mas ficou imóvel no meio da parada enquanto os soldados dispersavam.
Eu também bati com a minha bota no chão e também não me mexi e também fiquei no meio da parada, fiquei a vê-lo entrar na secretaria da companhia de cabeça erguida e ar digno, parecendo mais um convidado do que um prisioneiro. Quando passou à minha frente pareceu-me que sorriu.
[...]

Ler o texto completo aqui ou no Jornal Elo da ADFA

2 comentários:

A. Marques Lopes disse...

Mandaste-me um mail a pedir autorização para usar a fotografia. Disse-te que sim, senhor. Depois da sua publicação, já te disse que não é do Luís Graça, embora esteja no blogue da sua responsabilidade (com o meu nome como autor). Não achas que deves corrigir? No boletim da ADFA (disse-te que também era associado e dei-te o meu número...) já está. Mas na tua página acho que podes corrigir...
A. Marques Lopes

Manuel Bastos disse...

Nao corrigi imediatamente por nao ter lido o teu e-mail. Tentarei que se faça mençao disso no prox nr do Elo. Obrigado mais uma vez e aceita as minhas desculpas pelo lapso.